Maven é finalista do Start.Edu
Notícias / Maven é finalista de programa para melhorar a educação de Porto Alegre

Maven é finalista de programa para melhorar a educação de Porto Alegre

A secretaria municipal de Educação de Porto Alegre está realizando uma iniciativa chamada Start.Edu para incentivar o uso de tecnologia nas escolas públicas da capital gaúcha. A Maven é uma das empresas finalistas do programa.

Em fevereiro, a Maven foi selecionada pela prefeitura para participar da última etapa do programa. O objetivo dessa etapa é de testar as soluções apresentadas pela Maven diretamente nas escolas com alunos, professores e pedagogos.

A Maven é uma empresa de tecnologia focada em visualização de conteúdo atuando na área de publicação digital. As soluções voltadas para educação têm como objetivo reduzir o uso de papel e incentivar a inclusão digital dos alunos desde cedo. Atualmente a empresa apoia vários órgãos públicos do Rio Grande do Sul como Ministério Público e Tribunal de Contas. Em ambos, as soluções de publicação digital da ajudaram a economizar mais de 15 milhões de papeis.

Para o diretor-sócio do Grupo Maven, Marison Souza, essa iniciativa da prefeitura de Porto Alegre é uma excelente forma das empresas convergirem forças para o bem da sociedade. “Programas como o Start.edu deveriam existir em todos os setores pois estimulam a criatividade e inovação de startups com propósitos comuns, como melhorar as condições para educação, saúde, segurança pública e outras. Políticas públicas e investimentos para melhorar as condições de ensino são necessárias, no entanto, se as empresas puderem, cada uma com a sua expertise, unir forças e poder ajudar de algum modo, vamos ter uma construção colaborativa para atingirmos melhores condições na educação”, disse diretor do Grupo Maven Marison Souza.

O programa da prefeitura tem caráter apenas para descobrir soluções sem nenhuma vinculação com edital. Em dezembro, a Maven foi convidada para participar da apresentação oficial para o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior.